Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

Primeiro do Atlântico Sul, cabo submarino de fibra óptica chega a Fortaleza

Um evento na Praia do Futuro, em Fortaleza (CE), marcou a chegada do cabo submarino de fibra óptica SACS ao Brasil, bem como a assinatura de um memorando de entendimentos entre Angola Cables e o Governo do Ceará para viabilizar a infraestrutura que ligará o data center da companhia na capital cearense ao complexo industrial do Pecém.

O South Altantic Cables System (SACS) percorreu 6,3 mil km pelo leito do Atlântico, partindo de Sangano, na costa angolana, até chegar à capital cearense. O equipamento foi “recebido” por autoridades e membros dos governos Estadual e Municipal do Ceará, bem como pelo representante do Ministério das Telecomunicações de Angola, o Secretário de Estado para Tecnologia da Informação, Manuel Homem, e pelo CEO da Angola Cables, António Nunes.

Construído pela japonesa NEC, o SACS é o primeiro cabo submarino a ser instalado no Atlântico Sul, ligando a África à América do Sul. Ele possui capacidade de comunicação de pelo menos 40Tb/s e sua chegada à Fortaleza signifi…

Para reduzir a latência em domínios, OpenDNS inaugura servidor no Brasil

Serviço grátis de DNS da Cisco, o OpenDNS inaugurou servidores no Brasil, a fim de diminuir de forma considerável a latência quando o assunto é resolução de domínios. Com isso, os usuários brasileiros terão mais velocidade na web. A partir de agora, os internautas do país deixaram de ser direcionados para servidores localizados em Miami, os mais próximos daqui até então. Este será o primeiro servidor do OpenDNS na América do Sul. De acordo com o site Tecnoblog, ele ficará no datacenter da Equinix, em Santana de Parnaíba (SP). A utilidade do DNS está na conversão de um endereço URL para um código IP. Caso haja instabilidade no sistema de tradução, a entrada em um website ficará mais lenta. Já se o servidor estiver offline, o acesso à internet ficará difícil, até mesmo se a conexão permanecer sem qualquer problema. Além disso, alguns hackers se aproveitam de provedores DNS para executar ataques DDoS. Para se prevenir, é necessário mudar os servidores, processo no qual você pode aprendernes…

Faturamento da Equinix sobe 21% em 2017

A Equinix fechou 2017 com receitas de US$ 4.368 milhões, um aumento de 21% em relação ao ano anterior e que inclui as receitas de US$ 359 milhões fruto da aquisição de 29 centros de dados Verizon. A empresa de data center reportou renda operacional de US$ 809 milhões, um aumento de 31% em relação ao ano anterior. A empresa não fornece orientação prospectiva para determinados dados financeiros, como depreciação, amortização, acréscimo, remuneração baseada em ações, lucro líquido (prejuízo) das operações, caixa gerado pelas atividades operacionais, entre outros.
FONTE: TI INSIDE

Equinix compra centro de interconexão nos EUA por US$ 800 milhões

A Equinix anunciou nesta quinta-feira, 15, acordo para a compra definitiva do Infomart Dallas, empresa da ASB Real Estate Investments. A transação de dívida e caixa foi estimada em US$ 800 milhões, incluindo suas operações e os clientes da empresa. O Infomart é um dos maiores centros de interconexão nos EUA e atualmente abriga quatro dos oito centros de dados Equinix Dallas International Business Exchange (IBX) (DA1, DA2, DA3 e DA6). Como resultado dessa transação, a Equinix multiplica por quatro o número de seus ativos próprios, aumentando a receita recorrente dos ativos em mais de 45%. A transação deverá ser concluída até meados de 2018. Como parte do negócio, aproximadamente 50 funcionários e contratados da Infomart, principalmente nas funções de operações da facilidade adquirida, se tornarão empregados ou empreiteiros da Equinix.
FONTE: TI INSIDE RELACIONADAS: IP NEWSCANAL EXECUTIVO

5 tendências moldam as estratégias de nuvem hoje

Imagem
Desde a contenção de custos até as estratégias híbridas, os CIOs estão ficando mais criativos ao aproveitar as ofertas mais recentes e as economias de escala proporcionadas pelo modelo A computação em nuvem ajudou muitas empresas a transformar suas práticas de TI nos últimos cinco anos, mas os especialistas concordam que omercado está entrando em uma segunda onda para serviços em nuvem públicas, privadas e híbridas.
De acordo com pesquisa recente da Forrester Research, 38% dos decisores empresariais estão criando nuvens privadas, com 32%  comprando serviços de nuvem pública e o restante planejando implementar alguma forma de tecnologia da nuvem este ano. A nuvem híbrida também está aquecida, com 59% dos entrevistados adotando o modelo. Esta adoção acelerada é reflexo da necessidade de as empresas dimensionarem seus recursos de computação para atender melhor os clientes, segundo Dave Bartoletti, pesquisadora da Forrester. Aqui, damos uma olhada em quatro tendências que estão moldando essa…

Equinix recebe cabo submarino Seabras, primeiro que liga São Paulo à Nova Iorque

Cabo foi projetado para fornecer diversidade de rotas adicionais para Virginia Beach, Miami, St. Croix, Fortaleza, Rio de Janeiro, Sul do Brasil e Cape Town
A Equinix, empresa global de interconexão e data center, foi escolhida como centro de conexão para o cabo Seabras-1, único sistema de cabo submarino com conexão direta entre São Paulo e Nova York. A Seaborn Networks (Seaborn), empresa desenvolvedora e operadora do Seabras-1, escolheu a Equinix para receber o primeiro cabo que liga os dois centros econômicos. Com a nova ligação, a Seaborn passa a oferecer o SeaSpeed, sua rota proprietária de menor latência, entre esses importantes centros financeiros globais. Outro diferencial é a oferta de forma rápida de conectividade em nuvem, por meio de serviços como o SeaCloud.
Com 10.600 quilômetros de extensão e múltiplas unidades de derivação, o Seabras-1 é o cabo mais longo implantado, foi projetado para fornecer diversidade de rotas adicionais para Virginia Beach, Miami, St. Croix, Fortale…