Equinix recebe o Prêmio de Liderança em Inovação Ecologicamente Sustentável da Frost & Sullivan

Pelo segundo ano consecutivo, a consultoria reconhece as iniciativas de
sustentabilidade e eficiência energética da Equinix na região Ásia-Pacífico

São Paulo, outubro de 2015 – A Equinix, companhia global de data center e interconexão, recebeu o Prêmio Frost & Sullivan de Liderança em Inovação Ecologicamente Sustentável para os data centers da região Ásia-Pacífico. Este é o segundo ano consecutivo que a companhia é reconhecida pelo seu foco contínuo na gestão de centros de dados ecologicamente sustentáveis. Entre as ações promovidas pela empresa, está a modernização de seus data centers International Business Exchange™ (IBX®) com um sistema de controle de temperatura granular, que melhorou a eficácia de uso de energia das instalações e gerou economia de mais de 8 milhões de quilowatts/hora entre 2012 e 2014.

“Abraçar a TI ecologicamente sustentável e a energia renovável tornou-se um importante tópico de discussão nas salas de reuniões atualmente. A Equinix foi a primeira provedora de colocation a fornecer um retrato da nossa demanda de energia e da presença de efeito estufa relacionado, bem como do nosso fornecimento de eletricidade em nível regional”, afirma Samuel Lee, presidente da Equinix na região Ásia-Pacífico. “Avaliamos constantemente a eficiência energética de nossos data centers e adotamos rapidamente tecnologias comprovadas de economia de energia em escala global. Esse prêmio não apenas valida essa abordagem, mas também reforça o nosso compromisso em colocar todos os nossos data centers em uma trajetória agressiva rumo a melhorias de eficiência”.

Todos os DCs da Equinix utilizam tecnologia para reduzir seu impacto ambiental. Apenas na região premiada, os data centers em Sydney, Hong Kong e Tokyo, por exemplo, receberam a certificação Leadership in Energy and Environmental Design concedida pelo U.S. Green Building Council. O Conselho reconheceu o desempenho em termos de economia de energia, eficiência hídrica, redução de emissões de CO2, gestão de recursos e sensibilidade ao seu impacto sobre o meio ambiente. Além disso, todos os data centers da Equinix em Cingapura receberam certificações SS 564, uma norma local para edifícios ecologicamente sustentáveis.

 “A Equinix constrói e mantém data centers de última geração ecologicamente sustentáveis em toda a região da Ásia-Pacífico”, declara Adwaith Visveswaran, analista sênior de pesquisa em Práticas de Energia e Meio Ambiente da Frost & Sullivan. “Em todas as suas instalações IBX na região, a empresa implantou algumas das melhores e mais inovadoras tecnologias ecologicamente sustentáveis para atender aos requisitos de consumo eficiente de energia. Dessa forma, a Equinix demonstrou as verdadeiras características de um líder de mercado”.

Em todo o mundo, a Equinix fixou metas agressivas de 1,45 ou menos para eficácia no uso de energia (PUE) média da empresa, com o objetivo de reforçar o foco da companhia em iniciativas ecologicamente sustentáveis e economia de energia. Outra ação recente foi a assinatura de um contrato de compra de energia solar, que abrangerá todos os seus data centers na Califórnia e aumentará o uso de fontes limpas e renováveis de 30% para 43% globalmente.

Atualmente em sua oitava edição, o Prêmio Frost & Sullivan de Melhores Práticas na Ásia-Pacífico reconhece empresas de vários setores, elogiando seu empenho, comprometimento e estratégias empresariais inovadoras, características necessárias para avançar no mercado global.

Postagens mais visitadas deste blog

Temos era para tudo, a interconexão é a bola da vez

Equinix anuncia resultados do 3° trimestre de 2016

Equinix apoia renovação de TI da Suzano