Equinix anuncia resultados de 2016

Com receita total de US$ 3,6 bilhões globalmente, a empresa cresceu 33% no ano

A Equinix, companhia global de data centers e interconexão, anunciou os resultados anuais de 2016 – com fechamento em 31 de dezembro. O período inclui os resultados trimestrais da Bit-isle e da Telecity, que foram adquiridas em novembro de 2015 e janeiro de 2016, respectivamente. A receita de operações contínuas durante todo o ano foi de US$ 3,61 bilhões - um aumento de 33% em relação ao período anterior. Os resultados incluem US$ 149 milhões da Bit-isle e outros US$ 400 milhões da Telecity.

"2016 foi um ano crucial para a Equinix. Continuamos notando a mudança para a cloud, expandimos nossa escala e alcance globais, desenvolvemos interconexões, apresentamos recorde de lançamentos e aumentamos o retorno dos acionistas”, afirma Steve Smith, presidente e CEO da Equinix. “Estamos operando no cruzamento de algumas das maiores tendências tecnológicas da nossa história, e a transformação digital, impulsionada pelos serviços de cloud, levará a computação, o armazenamento e as redes ao limite, o que auxilia nosso denso ecossistema e escala global. Estamos ansiosos para um 2017 movimentado, no qual integraremos nossas aquisições, aperfeiçoaremos nossa plataforma global, expandiremos nosso portfólio de serviços e aumentaremos nosso alcance e relevância para empresas em sua jornada para a cloud. ”

A receita de operações contínuas somou US$ 619 milhões em 2016, um aumento de 9% em relação ao ano anterior.  O EBITDA ajustado foi de US$ 1,65 bilhão, que inclui US$ 50 milhões da Bit-isle, US$ 187 milhões da Telecity e outros US$ 58 milhões em custos de integração para aquisições.

As receitas provenientes das operações (AFFO) somaram US$ 1,07 bilhão no ano, um aumento de 30% em relação ao período anterior. O AFFO anual incluiu US$ 58 milhões em custos de integração para aquisições.

Destaques do Período

A Equinix continua a expandir e investir no alcance de sua plataforma global, com US$ 1,1 bilhão em despesas de capital em 2016 e 19 projetos de expansão anunciados já em andamento. A Equinix anunciou, ainda, novas expansões em Amsterdã, Chicago, Dubai, Rio de Janeiro e Toronto, totalizando mais de US$ 175 milhões em despesas de capital. O alcance global da Equinix continua a atrair empresas que buscam aproximar suas infraestruturas da borda digital. No quarto trimestre de 2016, as implantações de clientes em várias regiões da Plataforma Equinix representaram 70% da receita recorrente total.

A Equinix obteve recorde de clientes corporativos no último trimestre do ano, porque as empresas rearquitetaram sua infraestrutura para interconectar direta e seguramente pessoas, locais, clouds e dados. Entre os novos clientes e expansões estão grandes companhias, como Philips e Walmart. A Equinix agora conta com mais de um terço das empresas da Fortune 500 e um quarto das da Forbes Global 2000 entre seus clientes.

As receitas de interconexão no quarto trimestre cresceram 21% na comparação ano a ano. Com a aquisição da Telecity, a Equinix agora fornece mais de 230.000 interconexões a mais de 8.500 clientes.

Além disso, a companhia reforçou o alcance de sua plataforma global com o anúncio de um acordo definitivo de US$ 3,6 bilhões, referente à compra de 29 data centers da Verizon em 15 mercados nas Américas do Norte e do Sul. O acordo, que inclui novos clientes e instalações estratégicas e deve ser concluído em meados de 2017, leva a Equinix a três novos mercados - Bogotá, Culpeper e Houston. Após o acerto dessa transação, o alcance global da Plataforma Equinix irá abranger 179 data centers, 44 áreas metropolitanas e 22 países. Com essa aquisição, a Equinix terá investido um capital de mais de US$ 17 bilhões na criação da plataforma Equinix desde que a empresa foi fundada.

Perspectivas de Negócios

Para o primeiro trimestre de 2017, a empresa espera que as receitas variem entre US$ 940 e US$ 946 milhões.  Essa meta inclui um impacto negativo de moeda estrangeira de US$ 18 milhões em comparação às taxas médias de moedas estrangeiras no quarto trimestre de 2016. Estima-se que as margens brutas sejam de aproximadamente 67% a 68%; as despesas gerais, de vendas e administrativas fiquem entre US$ 208 milhões e US$ 214 milhões e o EBITDA ajustado varie entre US$ 421 milhões e US$ 427 milhões, o que inclui um impacto negativo de moeda estrangeira de US$ 10 milhões, em comparação às taxas médias de moeda estrangeira no quarto trimestre de 2016, aproximadamente US$ 14 milhões em custos de integração e US$ 18 milhões de custos ajustados sazonalmente. São esperadas despesas de capital entre US$ 280 milhões e US $300 milhões, o que inclui aproximadamente US$ 30 milhões de despesas de capital recorrentes.

Para todo o ano de 2017, espera-se uma receita total superior a US$ 3,93 bilhões, uma taxa de crescimento orgânica com câmbio superior a 11% ao ano.  A meta inclui um impacto positivo de moeda estrangeira de US$ 88 milhões de receita em relação às taxas de meta anteriores, e foi normalizada para o impacto do fechamento com a Telecity no dia 15 de janeiro de 2016 e outras atividades relacionadas à aquisição. Estima-se que as margens brutas sejam de aproximadamente 67% ou 68%; as despesas gerais, de vendas e administrativas fiquem entre US$ 805 milhões e US$ 825 milhões e o EBITDA ajustado seja superior a US$ 1,84 bilhão. Essa meta inclui US$ 37 milhões de impacto negativo de moeda estrangeira, quando comparado às taxas anteriores, e US$ 30 milhões esperados em custos de integração

Espera-se AFFO superior a US$ 1,24 bilhão e despesas de capital entre US$ 1,1 bilhão e 1,2 bilhão, o que inclui aproximadamente US$ 160 a US$ 165 milhões de despesas de capital recorrente e US$ 940 milhões a US$ 1,03 bilhão de despesas de capital não-recorrente.

FONTE: BAGUETE

Postagens mais visitadas deste blog

Temos era para tudo, a interconexão é a bola da vez

Equinix anuncia resultados do 3° trimestre de 2016

Equinix apoia renovação de TI da Suzano