Equinix conclui aquisição da Bit-isle no Japão

Com os novos ativos, a empresa conta agora com 27 data centers na região da Ásia-Pacífico

A Equinix, companhia de serviços de data center e interconexão, concluiu a compra da Bit-isle Inc. A aquisição reforça a posição da empresa na região Ásia-Pacífico – onde registra maior crescimento, melhorando sua posição de mercado no Japão e ajudando a atender à crescente demanda das empresas locais por interconexão. Com as seis instalações da Bit-isle, a Plataforma Equinix conta agora com 111 data centers IBX® em 33 mercados globais.

"Estamos animados em receber oficialmente a equipe da Bit-isle na família Equinix. Esta aquisição nos permite criar ambientes entre nossas instalações japonesas, a fim de atender de forma mais eficaz as necessidades dos clientes, que incluem algumas das maiores empresas japonesas. Ao mesmo tempo, agregamos o conhecimento local da Bit-isle para impulsionar nosso sucesso nesse mercado tão importante", afirma Steve Smith, presidente e CEO da Equinix.

A aquisição, anunciada em setembro, amplia a escala da Equinix e a torna a quarta maior operadora de data centers no Japão, de acordo com o Instituto de Pesquisa Fuji Chimera.  A Equinix tem, agora, mais 5 sites em Tóquio e 1 em Osaka. Após a conclusão de seu novo data center na capital japonesa, no primeiro trimestre de 2016, a Equinix terá um total de 10 data centers em Tóquio e 2 em Osaka. Em toda a região Ásia-Pacífico, são 27 data centers na Austrália, China, Hong Kong, Indonésia, Japão e Singapura.

A Equinix aproveitará os 6 novos sites para continuar a expansão de sua plataforma global de interconexão. Os data centers adquiridos serão conectados aos já existentes para gerar um campus de conectividade para provedores de serviços de rede e cloud, ecossistemas de negócios e para outras empresas na área metropolitana.

Postagens mais visitadas deste blog

Temos era para tudo, a interconexão é a bola da vez

Equinix anuncia resultados do 3° trimestre de 2016

Equinix apoia renovação de TI da Suzano