Equinix anuncia receita de US$ 2,72 bilhões em 2015

A companhia apresentou crescimento de 12% com relação a 2014 e fecha o último trimestre de 2015 com receita de US$ 730,5 milhões

A Equinix, companhia de serviços de data center e interconexão anuncia o faturamento de US$ 730,5 milhões no último trimestre de 2015. O valor representa um crescimento de 6% em relação ao mesmo período em 2014 e um aumento de 14% em comparação com o trimestre anterior (julho a setembro). Receitas recorrentes, provenientes de colocation, interconexão e serviços gerenciados, representam US$ 686,1 milhões do total do faturamento do trimestre – o equivalente a um crescimento de 6% se comparado ao trimestre anterior e 13% sobre o mesmo período do ano passado. As receitas não recorrentes correspondem a US$ 44,4 milhões do total. Além disso, a receita inclui R$ 21,6 milhões, provenientes da aquisição da Bit Isle. No balanço geral de 2015, a Equinix apresentou receitas totais de US$ 2,72 bilhões, número que equivale ao crescimento de 12% em relação a 2014.

"O ano de 2015 foi de transformação para a Equinix. Apresentamos crescimento acelerado, expandimos nossa plataforma global com duas aquisições estratégicas, concluímos nosso primeiro ano de funcionamento como um REIT (Real Estate Investments Trusts) e nos estabelecemos como a fundação para o ecossistema de nuvem que tem transformado a área de TI," diz Steve Smith, presidente e CEO da Equinix. "A força do nosso negócio se traduz em crescimento sólido de receita, rendimento firme e margens saudáveis, que se combinam para que possamos continuar a investir em nossa plataforma global, desenvolver soluções inovadoras e apresentar valores significativos aos nossos acionistas”.

No quarto trimestre de 2015, os custos de receita foram de US$ 352 milhões, número que representa aumento de 8% em relação ao período anterior e 12% em comparação ao mesmo trimestre em 2014. Os custos de receita – sem considerar a depreciação, amortização, incorporação e remuneração baseada em ações – somaram US$ 228 milhões no período. A margem bruta foi de 52% - contra 53% no trimestre anterior e 51% na mesma época em 2014. As margens brutas de caixa, definidas como lucro bruto antes da depreciação, amortização, incorporação e remuneração baseada em ações, divididas pelas receitas, foram de 69% no quarto trimestre de 2015, no trimestre anterior e no mesmo trimestre do ano passado.

Despesas gerais, administrativas e de vendas foram de US$ 225,3 milhões no quarto trimestre de 2015 – equivalente ao crescimento de 9% com relação aos três meses anteriores e 16% sobre o mesmo trimestre de 2014. Despesas gerais, administrativas e de vendas – sem considerar a depreciação, amortização, incorporação e remuneração baseada em ações – totalizaram US$ 169,4 milhões, um crescimento de 10% em relação ao trimestre anterior e 15% sobre o mesmo período do ano passado. A despesa de juros foi de US$ 79,5 milhões no quarto trimestre, um aumento de 4% em relação ao trimestre anterior e um aumento de 12% em relação à mesma época do ano passado, principalmente devido ao financiamento por dívida incremental em novembro de 2015.

O lucro líquido da Equinix corresponde a US$ 10,7 milhões no trimestre, o que representa US$ 0,18 de renda básica líquida por ação da companhia e renda diluída por ação de US$ 0,18 – com base em uma contagem média de share ponderado de 60,4 milhões e 60,9 milhões respectivamente. No ano, o lucro líquido foi de US$ 187,8 milhões, uma margem líquida de 7%. A Equinix gerou caixa das atividades operacionais de US$ 135,9 milhões no quarto trimestre, uma diminuição de 4% sobre o trimestre anterior e um aumento de 6% sobre o mesmo período de 2014. No ano, foram US$ 567,3 milhões, um aumento de 11% sobre 2014.

O resultado das operações foi de US$ 135,9 milhões no quarto trimestre, uma diminuição de 4% em relação ao trimestre passado e um aumento de 6% sobre a mesma época do ano anterior. O EBITDA ajustado, definido como lucro ou perda proveniente de operações anteriores a depreciação, amortização, incorporação ou remuneração baseada em ações, foi de US$ 333,1 milhões no quarto trimestre de 2015 (aumento de 4% em comparação com o trimestre anterior e 13% sobre o período em 2014). O número, em 2015, totalizou US$ 1,27 bilhões, uma margem de 47%. O EBITDA ajustado inclui US$5,2 milhões provenientes da aquisição de Bit-isle em novembro de 2015 e US$ 2,8 milhões de custos de integração.

Perspectivas comerciais

Para 2016, as receitas anuais devem ser superiores a US$ 3,55 bilhões, ou 13% de taxa de crescimento registrada ano após ano. Essa meta inclui US$ 548 milhões em receitas da Telecity e Bit-isle. A expectativa é de que o total de margens brutas de taxas seja de, aproximadamente, 67-68%. Vendas de caixa e despesas gerais e administrativas devem variar entre US$ 770 e US$ 790 milhões.

O ajuste EBITDA para o ano deverá ser maior que US$ 1,62 bilhão, ou 16% ano a ano – Esta diretriz inclui US$ 28 milhões de impacto negativo de moeda estrangeira. Além disso, espera-se US$245 milhões em EBITDA ajustado de aquisições da Telecity e Bit-isle, bem como US$58 milhões em custos de integração para estas duas aquisições. Os gastos de capital em 2016 deverão variar entre US$ 900 milhões e US$ 1 bilhão, valor composto de, aproximadamente, US$ 140 milhões de despesas recorrentes e de US$ 760 a US$ 860 de despesas não-recorrentes.


A diretriz da Equinix inclui resultados previstos para Telecity e Bit-isle durante o ano de 2016. Conforme anunciado, a Equinix espera alienar oito ativos, sete da Telecity e um da Equinix, em Londres, como parte da aprovação pelas autoridades reguladoras para a transação recebida em 13 de novembro de 2015. A companhia espera concluir estas alienações em meados de 2016. A diretriz da Empresa não inclui os sete ativos da Telecity, que serão tratados como operações descontinuadas, mas assume 6 meses, ou US$ 6 milhões em receitas, do site em Londres, que está sob um tratamento contabilístico diferente, exigindo resultados a serem comunicados até a conclusão da venda.

FONTE: BAGUETE

Postagens mais visitadas deste blog

Temos era para tudo, a interconexão é a bola da vez

Equinix anuncia resultados do 3° trimestre de 2016

Equinix apoia renovação de TI da Suzano